.
.

Brasnorte: Polícia Civil prende avô por estupros de netas de 7 anos


A Polícia Judiciária Civil investiga abusos sexuais cometidos contra duas crianças, ambas de 7 anos, na cidade de Brasnorte (579 km a Noroeste). Os abusos seriam praticados pelo avô das crianças e pai de uma delas. As meninas são primas de primeiro grau.
O avô das meninas, A.C.M., 63, teve a prisão preventiva decretada pelo crime de estupro de vulnerável. Ele foi preso na terça-feira (16.09). Seu filho G.C.M. 25 anos, também teve o mandado de prisão decretado, mas está foragido. Ele é suspeito de abusar da própria filha, mas não há informações de que tenha cometido abuso contra a sobrinha.
As diligências iniciam após suspeita por parte da escola onde duas primas de 07 anos estudam. As professoras e funcionárias perceberam um comportamento diferente nas meninas que estavam isoladas, tristes e arredias.
A professora notando a diferença chamou uma delas para conversar e ouviu a criança contar sobre um sonho, no qual aconteciam os abusos. Com o relato, a educadora atentou que não se tratava de sonho, mas sim de um real pesadelo pelo qual as duas crianças estavam vivendo. Diante das informações, a escola acionou Conselho Tutelar e a Polícia Civil passou a apurar o caso.
O delegado Adil Pinheiro de Paula instaurou inquérito ficando no nas investigações comprovado a existência do abuso sexual, sendo requerida a prisão preventiva dos acusados. Ademar depois de detido foi encaminhado a Cadeia Pública de Campo Novo dos Parecis. As buscas continuam para prender o segundo procurado Gilvaci Cabral de Menezes.
O delegado Adil Pinheiro de Paula reforça a importância dos pais, professores e funcionários das escolas e creches a ficarem atentos a qualquer comportamento estranho das crianças, devendo as autoridades serem comunicadas por mais que o fato possa, a princípio, parecer irrelevante.
Fonte: Assessoria/Olhar Direto com Rádio Pioneira

Preso homem que matou e ateou fogo no corpo de companheira em Brasnorte

Um homem foi preso pela Delegacia de Polícia Judiciária Civil, no município de Brasnorte, acusado de praticar um homicídio bárbaro que chocou a cidade. O suspeito,Rafael Benigno de Almeida, 34, foi indiciado por homicídio qualificado e ocultação de cadáver, tendo sua prisão em flagrante convertida em prisão preventiva pela Justiça da Comarca de Brasnorte, na quarta-feira (16.09).

Conforme a Polícia Civil, a vítima Juliana Simplício Silva, 22 anos, companheira de Rafael foi morta na tarde do último sábado (13.09), após ser atingida por vários golpes de facão. As investigações apontam que o acusado matou a mulher, com quem estava há cerca de dois meses, em um terreno baldio, em seguida ele foi até sua residência, tomou banho e ao anoitecer voltou ao local e ateou fogo no corpo da vítima.

Depois do crime, Rafael tentou enganar a polícia dando a falsa informação que sua mulher estava desaparecida, mas acabou sendo conduzido pela Polícia Militar à Delegacia de Polícia.

Durante depoimento, o acusado não conseguiu sustentar a mentira, e diante das contradições resolveu confessar perante a autoridade policial que havia matado sua companheira.

Segundo o delegado de polícia, Adil Pinheiro de Paula, o preso que tem três passagens criminais por porte de arma de fogo na cidade de Comodoro (644 km a Oeste), ameaça e lesão corporal no âmbito dos crimes de violência doméstica, e diante da confissão de autoria de maneira fria e sem aparentar remorso pelo ocorrido, foi autuado em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

"Não tem motivo aparente para o assassinato. Foi na pura maldade mesmo e porque ele era muito ciumento, segundo informaram os vizinhos", disse o delegado.

Rafael foi levado a Cadeia Pública de Campo Novo dos Parecis (396 km a Noroeste), onde aguarda julgamento.


Fonte: Rádio Pioneira com 24hs News

DORJIVAL SILVA: "Quero dedicar parte de minha vida parlamentar buscando melhorias para a educação"

Sofia (filha do candidato a deputado estadual Dorjival Silva)
no detalhe com colegas no desfile cívico desde
7 de Setembro de 2014
Como poucos em nosso País e apesar de ser filho de um agricultor e uma dona de casa paraibanos, Francisco Deoclécio e Alzenir Custódio da Silva, estudei Ciências Sociais na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, me graduei em Teologia pela Faculdade de Teologia Filadélfia do Recife e em Pedagogia pela Faculdade de Educação de Tangará da Serra.

Também tive a felicidade de me especializar em Pedagogia Empresarial, Jornalismo Político e em dezembro, concluo MBA em Comunicação Eleitoral e Marketing Político pela Universidade Estácio de Sá.

Estou registrando isso para dizer, com muita felicidade, que cursei todos os meus estudos básicos em escolas públicas. Eu acredito na escola pública.

Hoje, assisti minha filha Sofia Katarine, 9 anos e dezenas de outras crianças, adolescentes, jovens e adultos desfilando em homenagem à Pátria, ela como aluna da rede pública estadual de ensino no município de Brasnorte – MT.

Assistir ao desfile cívico como pai e como candidato a deputado estadual de Mato Grosso. E no momento em que presenciava tanta criatividade de nossos professores, coordenadores e diretores das escolas cresceu ainda mais em minha pessoa o desejo de querer contribuir ainda mais com a educação de nossos jovens mato-grossenses, dos profissionais da educação e das unidades escolares. Quero dedicar parte de minha vida parlamentar buscando melhorias para a educação.

Sou fruto da educação pública. E graças a Deus e a muitos esforços consegui superar muitas barreiras na vida. Porque sempre acreditei que a educação não só liberta como faz do indivíduo um ser social melhor e produtivo em sua sociedade.


Neste 7 de Setembro, em nome de minha pequena Sofia, de todos estudantes e professores de Brasnorte, saúdo Mato Grosso e nosso querido Brasil.

Vice de Marina diz que propriedade de aeronave não é problema do PSB

A propriedade da aeronave Cessna prefixo PR-AFA que caiu com Eduardo Campos ganhou destaque no primeiro dia de campanha da candidata à Presidência Marina Silva (PSB). Vice na chapa e líder do PSB na Câmara dos Deputados, Beto Albuquerque disse, neste sábado, que o assunto não é problema da chapa e voltou a pedir justiça e cobrar esclarecimentos sobre as causas do acidente que levou à morte sete pessoas.
“Quem comprou, quem vendeu não é problema nosso, mas dos proprietários da aeronave. O que queremos saber é o que ainda não foi explicado: como caiu esse avião que matou o nosso líder e como não tinha nada gravado na caixa preta”, declarou Albuquerque, sob gritos de “sabotagem”, por centenas de militantes.

TSE impede Aécio de usar mesmo slogan da campanha do tribunal

vemprarua
O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Tarcísio Vieira determinou neste sábado (23), em decisão liminar, que a campanha do candidato à Presidência da República Aécio Neves (PSDB) deixe de utilizar o slogan “vem pra urna” em suas peças publicitárias. A frase é a mesma utilizada na propaganda institucional do tribunal.
A decisão do ministro Vieira atende a uma representação feita pela coligação Com a Força do Povo, da presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição. Os advogados da campanha petistas alegam que Aécio utilizou o hashtag “#vempraurna” no seu site oficial e em seu perfil no Facebook com a intenção de provocar “confusão mental no eleitor”.

Marina deve explicar o caso do uso do avião, diz Aécio

aecio avaiao
Passado o susto inicial com a mudança de rumos da disputa presidencial, o candidato do PSDB, Aécio Neves mostrou neste sábado que não assistirá calado ao crescimento da candidata do PSB, Marina Silva, sem alertar para o risco de uma escolha emocional no momento de crise que o Brasil atravessa.
Mesmo com o cuidado de não atacar a herdeira de Eduardo Campos, ele iniciou a polarização em um grande ato político que reuniu todas as lideranças aliadas do Nordeste em Salvador para o lançamento de seu plano de recuperação da região. No discurso, o tucano contrapôs o perfil apolítico de Marina e o “sonho” dos marineiros com a “realidade”.
Aécio também disse que, assim como teve que responder a questionamentos sobre a construção do aeroporto de Cláudio, se questionada, Marina Silva, deve estar preparada para responder sobre o ainda mal explicado caso do jatinho usado em sua campanha com Eduardo Campos, quando vivo. A suspeita é que o avião cedido para a campanha, sem registro no Tribunal Superior Eleitoral, pertença a usineiros. Perguntada hoje sobre o assunto, Marina não respondeu.

No Templo de Edir Macedo, fiéis são revistados antes de entrar

templo universal
O Templo de Salomão (ou de Edir Macedo) abriu nesta sexta-feira pela primeira vez suas portas ao público. Um forte esquema de segurança foi montado para não deixar ninguém entrar na nave principal, onde ocorrem os cultos, com celulares ou máquinas fotográficas. Com 126 metros de comprimento e 104 metros de largura, dimensões que superam as medidas de um campo de futebol oficial, o templo construído pela Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) virou uma atração turística no Brás, na Região Central de São Paulo.
O Globo revelou que para conseguir ultrapassar as grades e conhecer os mais de 100 mil metros de área construída com pedras importadas de Israel, oliveiras uruguaias e muitos objetos dourados, é necessário fazer um cadastro no bando de dados da Universal e conseguir uma credencial. Antes de qualquer passeio, todos sempre acompanhados por pastores e seguranças particulares, é necessário passar por uma revista. Na área externa é permitido fotografar. Dentro das construções, não.

53% dos impostos são pagos pelos que ganham menos

dinheiro (2)Os brasileiros com renda até três salários mínimos mensais contribuem com a maior fatia dos impostos pagos no país, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). De acordo com a pesquisa, essa parcela da população paga 53,79% do total de impostos arrecadados. O grupo, no entanto, representa 79% do total de brasileiros.
Nos demais grupos avaliados pelo IBPT, a participação no total da população é menor que a participação no total de impostos arrecadados. Os 7,6% cujo rendimento mensal fica entre cinco e dez salários mínimos pagam 16% dos impostos arrecadados, enquanto 20 milhões de pessoas (10,14%) que recebem de três a cinco salários mínimos são responsáveis por 12,5% do total de tributos.
Já as pessoas cuja renda supera 20 salários mínimos correspondem a 0,84% da população brasileira e geram R$ 73 bilhões do montante total, equivalentes a 7,3% da arrecadação. Ao considerar os grupos de consumo, o IBPT aponta que os gastos com habitação geram 42,43% do montante arrecadado aos cofres públicos, seguidos por transporte (23,81%), alimentação (14,73%) e vestuário (5,34%).

Dorjival Silva é candidato ao cargo de deputado estadual de Mato Grosso


Natural do município de Patu, Rio Grande do Norte, Dorjival da Silva nasceu em 1965, é graduado nos cursos de Teologia e Pedagogia e jornalista profissional desde 1990. Iniciou sua carreira política em 2008 quando se tornou presidente municipal de uma legenda no município de Tangará da Serra – MT. 

Em 2010, disputou pela primeira vez um cargo eletivo se candidando a uma vaga na Câmara dos Deputados. Desde então, trazia a ideia de novamente disputar uma eleição.

Filiado e presidente (licenciado) do Partido Democrático Trabalhista no município de Brasnorte desde 2013, teve seu nome aprovado em convenção estadual da legenda realizada no dia 27 de junho para disputar uma das 24 cadeiras da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Dorjival Silva, profissional de comunicação e da educação é casado com a bióloga Franciele Caroline Silva há 13 anos e pai de Susan Carlos Silva e Sofia Katarine de Silva.



SAIBA MAIS SOBRE DORJIVAL SILVA ACESSANDO O LINK:http://www.eleicoes2014.com.br/dorjival-silva/

Dorjival Silva quer ser mediador dos conflitos entre indígenas e agricultores do noroeste mato-grossense



Dorjival Silva é candidato a deputado estadual pela
região noroeste de Mato Grosso
Na região noroeste de Mato Grosso há um preocupante conflito entre alguns povos indígenas que lutam pela demarcação e ampliação de suas terras e fazendeiros que se tornaram proprietários de extensas áreas rurais garantindo que pelo tempo que atuam e produzem nas propriedades não concordam em hipótese alguma com o que pleiteia a Funai com apoio de ONGs.

"Compreendo que esse assunto está mais para ser resolvido na alçada federal. Entretanto, como deputado estadual eleito por essa região, serei um braço forte junto aos poderes lutando para que esse assunto, mais cedo ou mais tarde, se encerre de forma feliz para os dois lados", garante Dorjival Silva.

"Minha opinião é que os povos indígenas tenham o que lhes é de direito, todavia, sem prejudicar em absolutamente nada quem há décadas vem produzindo e gerando riquezas em suas propriedades rurais", completa.

O deputado Dorjival Silva, como morador do noroeste de MT, torce pelo avanço ordenado e responsável da agricultura e pecuária na região como forma de contribuir com o desenvolvimento dos municípios e suas populações.


"Fazendeiros, proprietários rurais, pequenos agricultores, homem e mulher do campo, o deputado estadual Dorjival Silva será um grande parceiro de todos vocês. Acredite nisso e vote com Coragem e Atitude Pra Mudar – no deputado do campo e da cidade 12.221", diz o candidato.

Assessoria de Imprensa
 
Blogger Templates